pesquisa

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Resenha: Oh My Ghost/오 나의 귀신님



Título: Oh My Ghost
Episódios: 16
Ano: 2015
Gênero: Comédia, Romance, Fantasia 
Emissora: tvN
Idioma: Coreano / legendado em português-br.
País: Coreia do Sul

Sinopse: Antes de assistir a Oh My Ghost, eu realmente não pesquisei a respeito e não sabia do que se tratava. A única informação que eu tinha era que consistia em uma trama com fantasmas (a julgar pelo nome).
O drama não ganhou meu coração logo de cara, confesso, mas eu dificilmente dropo uma história assim, mesmo que eu considere “desinteressante” eu, geralmente, vou até o fim, e garanto, eu teria me arrependido se não o fizesse.
Enfim, vamos à resenha de hoje!

Personagens principais

1 – Shin Soo Ae/Fantasma


Nossa “Gasparzinho”, Shin Soo Ae, fantasminha camarada, conquistou meu coração com uma facilidade imensa e com essa mesma facilidade nos envolve em seu drama: ser uma fantasma e tentar resolver seu assunto inacabado, que ao que tudo indica, é o fato dela ter morrido virgem.
Claro que como uma fantasma, ela não agirá completamente como um ser humano, e com seu prazo de 3 anos para se tornar um espírito maligno, nem sempre ela aparenta ser tão boazinha assim, algo que se torna preocupante o drama.



É claro que, sabemos que em alguma hora, o fato dela já ter morrido nos fará chorar (pelo menos, eu chorei), e ao longo dos episódios a morte dela é explorada por ser um dos maiores mistérios desse K-Drama. A personagem foi super bem construída e interpretada, mesmo sendo meio louquinha, Soo Ae tem um bom coração, e é responsável tanto pelo drama, quanto pela comédia da história.

2 – Na Bong Sun



Logo nos primeiros episódios, Na Bong Sun se mostra uma garota muito introvertida, tímida e até mesmo depressiva. Ela nutre um amor unilateral (até então) pelo Chefe Kang Sun Woo, mas não vê possibilidade de ser correspondida.
Desde sempre ela sofre por ser uma xamã, ou seja, tem a habilidade para ver fantasmas, e isso a aterroriza muito, impedindo-a de dormir e praticar suas atividades rotineiras normalmente.

De início, eu realmente não gostei muito da Bong Sun, pois ela era muito passiva e aceitava tudo que fizessem com ela, o que eu considero muito irritante. Entretanto, sua relação com Soo Ae a faz evoluir muito durante o drama, e muitas mudanças ocorrem na sua personalidade.


Pessoalmente, eu passei a gostar muito de Bong Sun e, óbvio, que torci muito por essa personagem e para que tudo desse certo para ela. Nascer como uma xamã não deve ser muito fácil.

3 – A amizade entre as protagonistas.


Sinceramente, eu fiquei muito feliz quando vi a amizade se tornando real, mas eu sabia, é claro, que algo ruim iria sair disso também. O que tenho a dizer é que elas são muito lindas e fofas juntas.


4 – Kang Sun Woo/Chefe


Nosso galã, maravilhoso, charmoso, fofo, carinhoso, chefe de cozinha, empresário, ótimo irmão... Enfim né, sempre aquele cara que parece mega frio e arrogante, mas é cheio das qualidades mais puras possíveis, nosso apaixonado e apaixonante Kang Sun Woo.
Confesso, que, também, no início do drama, não me apaixonei de cara por ele, para mim, o início do dorama foi bem fraco na verdade, e ele se mostrou um pouco sem expressão.


Porém, com o desenvolvimento da história, fui totalmente conquistada pela fofura disfarçada de arrogância de Sun Woo. Não o achei tão bonito assim, mas sim muito charmoso, e aí juntando com toda aquela atenção e talento tem-se o pacote completo e irresistível, que nos faz cair nas garras do protagonista.
Sun Woo é um homem com algumas mágoas no coração, mas mesmo assim é uma pessoa boa e gentil. Torci muito por um final feliz para ele também, principalmente por deixar seus sentimentos transparecerem e não ficar enrolando, como muitos protagonistas fazem.

Personagens secundários
1 – Oficial Choi


Oficial Choi, também apelidado por mim comodemônio dos infernos, sim, essa cara de anjo não é uma boa pessoa, e isso não é um spoiler porque fica evidente logo no início do drama. Temos aqui nosso vilão.
ChoiSungJae não se torna vilão por querer separar o casal ou algo do tipo, mas sim por algo bem pior, que é um interesse pessoal. Enfim, sobre ele, paro por aqui, pois se eu desenvolver, contarei muito sobre. Apenas digo. Fiquem de olho nele.

2 – A equipe do restaurante Sun


Divertidíssimos, hilariantes, dinâmicos, não sei quantos elogios posso fazer, mas considero esse o melhor núcleo de Oh My Ghost. Logo de início, não pensei que eles combinassem bem, mas ao longo da história percebe-se o encaixe perfeito desse grupo responsável por algumas das melhores cenas do drama.


Com cada um com sua personalidade singular, eles se completam e dão um tempero especial à história, trazendo a comédia e sendo incríveis na cozinha também. A harmonia entre os chefes é vital para deixar a história mais leve.



Claaaaaaro que eu tenho que destacar o Cordon, quem assistiu sabe do que eu falo, quem ainda não viu, vai me entender completamente quando assistir. Fofo, sério, calado. O típico Flower Boy





3 – Seobinggo

Ah, a querida xamã que ajuda nossa fantasminha, uma pessoa muito fofa e cuidadosa, é como uma mãe para Soo Ae ajudando-a mesmo que isso a prejudicasse. Foi uma personagem super amável e importante, principalmente, ao final do drama.


O “Trisal”


O que parecia ser apenas a salvação de Shin Soo Ae acabou sendo um conjunto de novas experiências. A fantasma possuía o corpo de Bong Sun para tentar perder a virgindade com Sun Woo, entretanto, durante o processo ela se apaixonou por ele e passou a se sentir gananciosa e não queria apenas partir.
O termo até parece estranho, mas as duas se apaixonaram e se relacionaram com Kang Sun Woo, usando o mesmo corpo. O Chefe, claro, não sabia disso, o que rendia várias cenas engraçadas. Me senti confusa sobre para quem eu deveria torcer, e claro para que Sun Woo não saísse machucado com a situação.
Shippeimuuuuuito e deu certo. Só não posso contar qual foi né hahaha.
E claaro, esse casal “estranho” trouxe muitas cenas fofas e românticas, com uma química inquestionável Sun Woo e Bong Sun/Soo Ae nos cativam em poucos momentos!

Trilha sonora
Algo que me deixou meio triste, é que eu não achei a trilha sonora tão impactante assim, é boa e bem escolhida para embalar as cenas do drama, mas não me chamou tanta atenção. Mesmo assim, aqui vão algumas amostras.







Final

Eu achei o final bem feito, organizando a história e não deixando casos inacabados. Não vi ainda pessoas que tenham se decepcionado. Eu achei justo, e muitas coisas terminaram como eu queria. Para ser mais específica, eu adorei e considero um final muito bem escrito.


Classificação: 4 estrelas

Online: VIKI
Baixar: Fighting Fansub

Espero que tenham gostado e até a próxima resenhaaa, fiquem com esse gif lindo *-*
Beijos da Mandy :3







Um comentário:

  1. eu amei muito o dorama mas, acho que a Shin Soo Ae/Fantasma poderia ter um final onde todos nós podessemos ver se ela estava feliz (o que estava acontecendo com ela)

    ResponderExcluir